Taste the newly released Adega Belém Visionho 2023!

 

Família, all aboard!, A alma dos vinhos de Lisboa

A alma dos vinhos de Lisboa – Episode 12: Adega Belém (8min 03sec)

16 set. 2023

Um dos melhores destinos vínicos do mundo

Há inúmeras razões para descobrir a região de Lisboa. As fachadas que contam história, as paisagens de perder de vista em direção ao mar, os monumentos icónicos, as vinhas extensas… O enoturismo cresce a olhos vistos em Portugal e posiciona o País no pódio das regiões vinícolas mais famosas do mundo. A região de Lisboa é um dos melhores exemplos: foi eleita um dos 10 melhores destinos vínicos do mundo pela Wine Enthusiast, uma das maiores referências internacionais do mundo dos vinhos. Venha descobrir as histórias que a região de Lisboa tem para contar e prepare-se para desfrutar em pleno, sempre na campanhia mais perfeita: os deliciosos vinhos.

Em pleno coração de Lisboa, a Adega Belém instalou-se num espaço onde, outrora, existia uma oficina de automóveis. Pioneira no conceito, esta urban winery resultou de um sonho de mudança de vida de um casal, que estudou e projetou uma adega na capital. E as uvas? Estão mesmo ali ao pé, na Tapada da Ajuda.

É neste pequeno espaço, cuja decoração prima pela originalidade, com loja e sala de provas, que embarcamos numa história de sucesso, na companhia da All Aboard Family.

A Adega Belém abriu portas em 2020, pelas mãos de uma portuguesa e de um alemão, como um projeto inovador e único em Portugal e no centro de Lisboa. Catarina Moreira e David Picard nem sempre se dedicaram aos vinhos. Ela era bióloga, ele era professor universitário na área de Antropologia.

A Adega Belém abriu portas em 2020, pelas mãos de uma portuguesa e de um alemão, como um projeto inovador e único em Portugal e no centro de Lisboa. Catarina Moreira e David Picard nem sempre se dedicaram aos vinhos. Ela era bióloga, ele era professor universitário na área de Antropologia.

Ao desbravar a possibilidade de novas licenciaturas ou mestrados, viram Viticultura. “Logo pensámos: isto pode ser uma opção”, contam. Falaram com os professores do Instituto de Agronomia, e a resposta foi clara: “Há sempre pessoas mais velhas (risos) a entrar lá e a começar uma segunda vida.” Assim fizeram.

Foi na África do Sul que encontraram o exemplo (de adega) que os encantou. “Imaginemos a praia de Carcavelos, a loja de surf e a adega. Nós dissemos: é isto! Queremos uma adega onde temos pessoas. Não arranjámos na praia (como na África do Sul), mas descobrimos a oficina, que estava toda montada na altura. E foi amor à primeira vista. Fechámos negócio e assim nasceu a Adega Belém”, na Travessa de Paulo Jorge.

Para produzir os vinhos, o casal adota uma abordagem de intervenção mínima, baseada na preservação da diversidade de leveduras na vinha. “Fazemos ao vinho apenas aquilo que achamos que é necessário”, explica David. “Cada vinho é feito à mão a partir de uvas saudáveis e deliciosas, usando conhecimento científico, artesanato sofisticado e também um pouco de aleatoriedade natural, para crescer numa personalidade forte e distinta. Um produto único que reflete, ao mesmo tempo, o caráter varietal de fruta das nossas uvas, as condições ecológicas de cada vinhedo e ano de safra e o amor que nos leva a fazer o que fazemos.”

A Adega Belém é sinónimo de vinhos de excelência e muito mais. É um espaço aberto a visitas que também aposta em inúmeros eventos que não só dão a conhecer o projeto e os vinhos, como ensinam, de forma descontraída, os segredos sobre o mundo da enologia. Aqui pode encontrar um quiz vínico, noites de poesia, entre outras iniciativas. É possível, sob marcação, fazer uma visita à adega ou reservar uma aula de provas de vinhos.